22/05/2019 17h54

Secti promove reunião de apresentação de novo programa de incentivo a inovação capixaba

O encontro foi realizado no auditório da Fapes e reuniu cerca de 30 personalidades influentes da área.

Na última semana a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) promoveu um encontro para apresentar às personalidades influentes da área de inovação no Estado, um novo programa de incentivo a área: o Programa Inovação Capixaba Sem Fronteiras (ProintES). A reunião aconteceu no auditório da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). 

O ProintES surgiu com o objetivo de aplicar o conceito de inovação aberta, mais conhecido por Open Innovation, e comum nas principais capitais brasileiras e no exterior. No Espírito Santo a ideia chega para alinhar a participação conjunta do Governo do Estado, por meio da Secti e outros órgãos de interesse, com a sociedade, a academia, o setor produtivo, os inventores, os investidores, entre outros, para incentivar a divulgação das potencialidades do estado nacionalmente e internacionalmente.

A secretária da Secti, Cristina Engel apresentou, junto do gerente de Ciência, Inovação e Tecnologia da Secti, Marcelo Vivacqua, os objetivos e planejamento para a realização do ProintES.

“No Espírito Santo o programa chega para alinhar a participação conjunta do Governo do Estado, por meio da Secti e outros órgãos de interesse, como a sociedade, a academia, o setor produtivo, os inventores, os investidores, entre outros, para incentivar a divulgação das potencialidades do estado nacionalmente e internacionalmente, disse a secretária.

Engel também destaca que outro ponto importante, “é o incentivo do intercâmbio entre o Espírito Santo e outros países, contatos que serão gerados a partir disso e a promoção de eventos que criem mais oportunidades de crescimento para o estado. Queremos abrir as portas do Estado para o mundo para fomentar a realização de parcerias comerciais, científicas, tecnológicas, ampliar a exportação de micro e pequenas empresas, atrair turistas, investimentos e empresas para se instalarem no Estado”.

A reunião teve o objetivo de realizar uma apresentação do programa detalhada para instituições e órgãos da área de inovação capixaba para no futuro próximo serem potenciais parceiros do ProintES: “A ideia da Secti é lançar o programa com um comitê gestor formado por vários parceiros, sejam da iniciativa privada ou pública, visto que o ProintES vai se tratar de um programa de estado e não de governo”, explicou o gerente de Ciência, Inovação e Tecnologia da Secti, Marcelo Vivacqua. 

Vivacqua ainda apresentou de que maneira o ProintES vai alcançar os resultados propostos: “A ferramenta que será usada para alcançar todos os objetivos do programa será o ProintES Open Innovation Hub. Esse hub será um ecossistema de inovação digital que vai conter uma vitrine tecnológica para expor as potencialidades do estado, as instituições que compõe o esse ecossistema, as nossas demandas tecnológicas, entre outras. Enfim, para de fato praticar a inovação aberta no Espírito Santo”, complementou.

Durante o encontro foi promovido um debate entre os presentes para esclarecer dúvidas e coletar sugestões de melhorias e críticas as ideias apresentadas pela Secti para o desenvolvimento do programa. A secretaria enviou a cada instituição participante um questionário sobre o ProintES e aguarda recebe-los para identificar os interessados em atuar junto com a Secti na realização do programa.

Próximos passos

O próximo passo da Secti é realizar a primeira reunião de trabalho com os futuros parceiros do ProintES. Nessa reunião será elaborada a minuta do termo de cooperação para num segundo momento realizarmos um evento de formalização da mesma.

Informações à imprensa:

Assessoria de Comunicação da Secti

Samantha Nepomuceno

(27) 3636-1822 / 3636-1819

samantha.goncalves@secti.es.gov.br 

comunicacao@secti.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard