16/12/2020 12h09

Fornecedores em Rede anuncia oportunidades de contratações para PPP de Saneamento em Cariacica

Foto: Divulgação/Freepik

O Governo do Estado, por meio do Programa Fornecedores em Rede, em seu eixo Emprego, anuncia as primeiras oportunidades para os moradores de Cariacica, a partir da Parceria Público Privada (PPP) de saneamento básico no município. A iniciativa faz parte do Plano Espírito Santo – Convivência Consciente, que visa à retomada econômica de forma rápida, com foco no desenvolvimento equilibrado das cidades e na geração de renda para os capixabas.

O Programa envolve as Secretarias de Desenvolvimento (Sedes); Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional (Secti), Justiça (Sejus) e Serviços Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip,  o projeto Fornecedores em Rede mapeia e articula as oportunidades de contratação de empresas e mão de obra capixabas junto a grandes fornecedores do Governo do Estado. “Estimular e consolidar uma política pública de geração de oportunidades para os negócios e trabalhadores capixabas é a meta do Fornecedores em Rede, tendo em vista o desenvolvimento econômico e social, o fortalecimento da competitividade do Estado, garantindo o retorno de recursos ao mercado local nos investimentos realizados pelo Governo do Estado”, frisou Kneip.

A subsecretária de Estado de Gestão de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento, Fabrine Schawnz, que coordena o projeto, salienta que a empresa vencedora de licitação, a Aegea Saneamento, é um importante parceiro do Fornecedores em Rede, tanto no eixo Empregos quanto no eixo Fornecedores. “As inscrições da esperada Rodada de Negócios, que acontecerá com a empresa, terá início na primeira semana de janeiro e trará oportunidades para as empresas prestadoras de serviços de nosso Estado”, completou a subsecretária.

Neste momento, a estimativa é que inicialmente sejam geradas vagas diretas e indiretas de emprego no quadro de colaboradores da Aegea Saneamento, maior prestadora de serviço de saneamento do segmento privado no País. A companhia pretende contratar profissionais de diversas áreas e priorizar a mão de obra local. Os contratados deverão iniciar as atividades em fevereiro.

Contratações

O presidente da Aegea Saneamento, Justino Brunelli Jr., destaca que a contratação de pessoal próprio será imediata, estabelecendo uma cadeia de geração de empregos no período do contrato. “Uma projeção realizada pela GO Associados, empresa especialista em projeções financeiras e econômicas, aponta que a repercussão na geração de empregos será da ordem de 1.260 empregos diretos e indiretos, a partir das obras em Cariacica, no período da concessão”, destacou Brunelli Jr.

As vagas disponíveis são de leiturista, servente de obras, motorista de caminhão, operador de estação de tratamento, mecânico de manutenção de máquinas e eletricista de manutenção. 

A Setades fará a conexão entre as empresas e os trabalhadores em busca de oportunidades. A Gerência do Trabalho, Emprego e Renda, setor responsável pelas agências de emprego SINE, terá o papel de formular diagnósticos acurados sobre a demanda por profissionais das empresas para a execução dos serviços. A partir dessa análise, será possível encontrar e encaminhar a mão de obra mais qualificada, garantindo retorno à empresa e ao trabalhador.

“Já iniciamos a captação de profissionais no último Sine Itinerante que promovemos, no bairro Nova Rosa da Penha, em Cariacica”, diz Fabricio Chiqueto, gerente de Emprego e Renda da Setades. “Nossa expectativa com essa primeira experiência no Eixo Emprego do programa Fornecedores em Rede é criar um vínculo produtivo com a empresas, demonstrando que a nossa expertise como facilitador da cadeia empregatícia, estruturado em nossas agências do Sine, é uma ferramenta qualificada e disponível para as empresas fornecedoras”, acrescentou Chiqueto.

A Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional participa do Programa Fornecedores em Rede ofertando cursos de qualificação profissional gratuitos para a população, por meio do Programa Qualificar ES. A secretária de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional, Cristina Engel, explica de que forma a Secretaria atua no Fornecedores em Rede:

“A nossa preocupação é a de qualificar as pessoas de forma que elas possam ser absorvidas pelos contratos firmados no Fornecedores em Rede. E como a gente faz isso? A gente faz por meio do Programa Qualificar ES, que oferece cursos que geram mão de obra qualificada para serem absorvidos por essas empresas. Oferecemos desde cursos tradicionais, que a maior parte das empresas precisam, como, por exemplo, Auxiliar Administrativo, Assistente de Logística, Auxiliar de Departamento Pessoal, e alguns mais básicos, como curso de Word e Excel, entre outros”, disse.

Ainda segundo Engel, para o Programa serão oferecidos também cursos específicos. “Nós também oferecemos cursos que sejam um pouco mais direcionados para os interesses específicos dessas empresas. A Aegea Saneamento, por exemplo, é a empresa que vai gerenciar o serviço de esgotamento sanitário de Cariacica e Viana, e nós da Secti temos a possibilidade de oferecer cursos voltados para áreas que possam ser aproveitadas pela Aegea Saneamento, como Segurança do Trabalho, Informática, Hidráulica Industrial Básica, e muitos outros”, informou Cristina Engel.

A secretária também pontuou sobre outras áreas profissionais que podem ser demandadas pelas empresas que participarão do Programa Fornecedores em Rede: “Por meio do Programa Qualificar ES, também podem ser oferecidos cursos específicos para um determinado interesse. O portfólio do Qualificar ES tem, aproximadamente, 80 cursos em áreas distintas, como Gestão e Negócios, Produção Alimentícia, Informação e Comunicação, entre outros. Nós buscamos, por meio do Qualificar ES, atender a essas demandas do mercado, oferecendo mão de obra qualificada, seja de forma geral ou específicas, que é o caso do Programa Fornecedores em Rede”, ressaltou Cristina Engel.

Vagas destinadas a egressos do sistema prisional

Vagas de trabalho ofertadas por meio do Programa Fornecedores em Rede também irão beneficiar egressos do sistema prisional do Estado. A seleção dos candidatos será realizada pelo Escritório Social, que será o responsável pelo encaminhamento dos candidatos à entrevista de emprego.

O Escritório Social foi criado para garantir aos egressos do sistema penitenciário capixaba o acesso a direitos e oportunidades de inclusão social, com a oferta de atendimentos e serviços diversos, por meio de parcerias com entidades públicas e privadas.

Segundo a subsecretária de Estado de Ressocialização da Secretaria da Justiça, Regiane Kieper, as vagas ofertadas potencializam a política de inserção dos egressos no mercado do trabalho. “Esta parceria irá somar às ações de reinserção social realizadas pela Sejus. O Escritório Social busca oferecer condições para que os egressos tenham um retorno positivo à sociedade. Esse preparo se dá com a oferta de capacitação profissional, encaminhamentos para vagas de empregos e emissão de documentos, que garantem a cidadania. É com trabalho e geração de renda que formamos cidadãos produtivos”, salientou Regiane Kieper.

Plano Espírito Santo – Convivência Consciente

É um conjunto de ações envolvendo órgãos do poder público e o setor produtivo para promover o desenvolvimento econômico, priorizando as pessoas com objetivo de reduzir os impactos sofridos pela população capixaba em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). São previstos mais R$ 32 bilhões em investimentos dos Governos Federal, do Estado e do setor privado até o final de 2022. A estimativa é de que sejam criadas mais de 100 mil vagas de emprego.

O Plano apresenta sete eixos de atuação: Desburocratização; Medidas Tributárias; Crédito e Financiamento; Monitoramento dos Impactos na Economia; Aceleração dos Investimentos Públicos e Privados; Inovação e Tecnologia e Geração de Emprego e Renda, eixo em que a iniciativa do Fornecedores em Rede está inserida.

O Conselho Gestor do Plano Espírito Santo – Convivência Consciente é formado pelas Secretarias de Economia e Planejamento (SEP); Mobilidade e Infraestrutura (Semobi); Fazenda (Sefaz); Governo (SEG), Secti e Sedes, que vão acompanhar de perto a implementação das medidas previstas no Plano. O Conselho será responsável ainda pelas orientações a serem seguidas conforme as prioridades do Governo, propondo ações de rearranjo da conjuntura econômica e potencializando a recuperação da economia do Estado.

 

Informação à Imprensa:


Assessoria de Comunicação da Sedes/Ipem
Andreia Foeger / Gabriela Galvão
(27) 3636-9707 / 99942-9537 / 3636-9708
comunicacao@sedes.es.gov.br / gabriela.galvao@sedes.es.gov.br

 

Assessoria de Comunicação da Setades
Samyra Lobino
(27) 3636-6803
ascom@setades.es.gov.br

 

Assessoria de comunicação da Secti
Samantha Nepomuceno
(27) 3636-1822 / 3636-1819
samantha.goncalves@secti.es.gov.br

 

Assessoria de Comunicação da Sejus
Sandra Dalton / Karla Secatto
(27) 3636-5732 / 99933-8195 / 98849-9664
imprensa@sejus.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard