18/08/2017 17h25

Fapes divulga a lista das 300 ideias selecionadas para a segunda fase do Sinapse da Inovação

Arte: Assessoria/Fapes

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) disponibiliza no site (https://goo.gl/yynSQJ), a lista com as 300 ideias aprovadas para a segunda fase do programa Sinapse da Inovação. Com quase 1300 propostas recebidas, o Estado atingiu o segundo maior número de ideias submetidas na história do programa, realizado também nos estados de Santa Catarina e Amazonas.  

As 300 ideias que seguem para próxima fase são das temáticas: Tecnologia da Informação e Comunicação (69); Tecnologias Sociais (66); Automação (46); Gestão (39); Biotecnologia (31); Química e Materiais (28) e Eletroeletrônica (21).

O objetivo do Sinapse é estimular a cultura da inovação no Espírito Santo, induzir o empreendedorismo inovador e promover a aproximação entre universidades e o mundo dos negócios. “É impressão dominante no ecossistema estadual de inovação, o Sinapse Espírito Santo tem sido um relevante fator para a mobilização da comunidade de inovação estadual”, destacou o diretor presidente da Fapes, José Antônio Bof Buffon.

As propostas foram avaliadas por 57 profissionais vinculados às instituições parceiras do programa, sendo 28 avaliadores do Espírito Santo e 29 de Santa Catarina. Os 300 proponentes dos projetos serão capacitados por especialistas sobre diversos temas para o sucesso de uma startup, como a captação de investimento, desenvolvimento do produto, formação da equipe empreendedora, modelo de negócios, gestão e estratégia empresarial, inovação e tecnologia, dentre outros.

Os selecionados devem agora submeter um projeto de empreendimento até o dia 4 de setembro, onde serão novamente avaliados, restando apenas 150 propostas para a terceira e última fase da etapa de seleção do programa. Por fim, serão 40 projetos contemplados com até R$ 50 mil em subvenção da Fapes e suporte para o desenvolvimento de seus produtos e negócio. O resultado final será divulgado no dia 10 de janeiro de 2018.

A iniciativa

O Sinapse da Inovação está sendo desenvolvido pela Fapes, autarquia vinculada à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e também pela Fundação Certi – Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras.  A Fapes tem como atribuições a operacionalização do apoio institucional, financeiro e técnico a programas e projetos de promoção do desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação às instituições públicas e privadas de ciência, tecnologia e inovação.

Mais informações

Participantes da Grande Vitória foram os que mais tiveram ideias aprovadas nesta primeira fase do programa, com 233 selecionadas. Ao todo foram 241 ideias da região metropolitana, 20 da região Norte, 20 do Sul e 19 da central. As 300 selecionadas são oriundas de 27 municípios capixabas. As cidades com maior número de ideias selecionadas foram Vitória (105), Vila Velha (73), Serra (32), Cariacica (20) e São Mateus (14).

Já em relação à formação dos empreendedores, 54% possuem graduação concluída ou em andamento, 39% possuem pós-graduação concluída ou em andamento e 7% possuem ensino médio ou formação técnica.

Quanto ao perfil dos proponentes, 132 são estudantes, professores ou funcionários vinculados à 14 instituições de ensino. As instituições com maior número de ideias aprovadas para a segunda fase são a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), com 42 ideias; a Universidade Vila Velha (UVV), com 31; e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES), com 26 ideias.

Informações à imprensa

Fernanda Magalhães/ Palloma Spala

comunicacao@fapes.es.gov.br

55 27 3636-1868

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard